Ouça agora na Rádio

N Notícia

PS5 tem detalhes revelados pela Sony; jornalista experimentou protótipo

FOTO: tecmundo

PS5 tem detalhes revelados pela Sony; jornalista experimentou protótipo

Informações Compartilhadas Tecmundo

A próxima geração de consoles está para chegar e as gigantes deste mercado, especialmente a Sony, já estão nos toques finais para a grande estreia. Felizmente, Peter Rubin do WIRED teve a oportunidade de experimentar um protótipo e descreveu em detalhes sua experiência com o PlayStation 5.

Por falar no nome, não há grandes novidades. Jim Ryan, CEO da Sony Interactive Entertainment, revelou — mas não surpreendeu — que o console da nova geração se chamará mesmo PlayStation 5. Não foge do padrão da Sony para a nomenclaturas dos seus produtos, mas o CEO diz estar aliviado por finalmente confirmá-lo.

Ao longo do ano, várias notícias foram publicadas sobre a nova geração de consoles; entretanto, nenhuma dessas informações veio pela Sony, que se ausentou de eventos grandes, como a E3 e, consequentemente, deu espaço para a Microsoft apresentar suas ideias para o próximo console.

Peter Rubin confirmou que o protótipo da Sony contava com hardware especulado nos meses anteriores: CPU e GPU baseados na linha Ryzen e Navi (AMD), respectivamente e um SSD substituindo o HDD, grande destaque para a próxima geração. Ademais, o visual também era semelhante ao flagrado na patente brasileira.

Mark Cerny, designer do sistema, pontuou sobre a capacidade de renderização em Ray-tracing e tranquiliza ao confirmar que há hardware específico para a tarefa, portanto, não contará apenas com software. Isso significa que o preço do produto pode ser ligeiramente maior, mas a performance não terá impacto considerável se bem otimizado.

blue illuminated sculptures of the playstation button symvols
(Fonte: Chris Ratcliffe/Divulgação)

SSD não só para acelerar o "loading"

Pode parecer que não faz grande diferença, mas Cerny defende a troca do HDD pelo SSD por razões além da minimização da tela de carregamento. Segundo o designer, toda a experiência com o console mudará com o novo armazenamento.

Dados serão otimizados e isso reduzirá significativamente o tempo de instalação de jogos e como isso será feito. "Ao invés de tratar games como enormes blocos de informações, estamos refinando o acesso aos dados.", disse Cerny. Portanto, games poderiam ser instalados em seções, ou seja, a campanha poderia ser instalada sem exigir também a instalação de modos multiplayer e vice-versa.

A interface e menu principal também se beneficiarão com a velocidade do SSD. Visualizar partidas de amigos, troféus e missões poderão ser demonstradas e oferecidas diretamente da interface, sem a necessidade de abrir o game.

O DualShock 5

Peter Rubin se decepcionou por utilizar um protótipo extremamente semelhante ao DualShock 4, da atual geração. Por outro lado, ele pontua que há um pequeno buraco no controle que supostamente servirá para um microfone. Ao questionar Cerny sobre a mudança, o designer diz: "Conversaremos sobre isso depois.". Então não sabemos a razão oficial da existência do orifício.

Mas há surpresas para o controle, o designer revela que os gatilhos terão resistência ajustada de acordo com condições do game, facilitando a imersão ao diferenciar tiros de espingarda de um arco e flecha no momento que se aperta o botão. A vibração do controle também recebeu mudanças. Peter destaca que os motores são mais precisos e conseguem facilmente passar sensações táteis distintas.

"Eu andei com o personagem em diferentes superfícies em um jogo de plataforma e pude diferenciar todas elas.", afirma Peter Rubin, que confessa estar muito surpreso com a imersão." No gelo, a alta frequência na resposta me fez sentir estar realmente escorregando. Numa ponte de madeira, fui tomado por uma sensação de fragilidade.", completa.

blue rendered car on dirt race track with a car's headlights far behind
(Fonte: Divulgação/Sony)

A diferença também estava evidente durante uma demonstração de Gran Turismo Sport. Rubin destaca que diferentes superfícies da pista eram facilmente identificáveis e se distinguiam muito do que é proporcionado pelo DualShock 4 — que até mesmo não reagia a certas condições da corrida.

Taoshi Aoki, gerente de produto da marca, revela que a equipe de desenvolvimento do controle estava trabalhando nos novos sensores desde o DualShock 4 e que discutiram lançar a ferramenta junto com o PlayStation 4 Pro; mas temendo uma reação negativa da comunidade, a equipe optou por postergar o lançamento para a próxima geração.

Ademais, o protótipo do DualShock 5 conta com conexão USB-C e uma bateria com maior duração, ainda sem detalhes. Peter diz que o controle parecia mais pesado que o anterior. Aoki, então, afirmou que o DualShock oficial seria mais leve que um controle de Xbox One com baterias.

Mistérios ainda pendentes

Há dúvidas na comunidade ainda não respondidas pela Sony, tais como quão grande será o SSD, como o Ray-tracing será aplicado e como o SSD poderá otimizar a jogabilidade dos títulos do console. No momento da experimentação, Peter não foi respondido em nenhuma dessas perguntas.

Não se sabe se tais ferramentas ainda não estão prontas ou se ficou a cargo das desenvolvedoras escolher qual melhor caminho seguir. Ainda a um ano de distância do lançamento da próxima geração, devemos apenas somar essas informações ao que sabemos até agora sobre o PS5.

FONTE: Tecmundo
Link Notícia

Número de Visitas: Contador de visitas
Participe (54) 99181-5891

Peça sua Música

Publicidade

Plug Consultoria e Projetos

Previsão do Tempo