Ouça agora na Rádio

foto-locutor

Buscando...

Buscando...

Destaques

Locais/Regionais

Compartilhe agora

Imagens mostram como está o lago onde era o estreito em Marcelino Ramos

Postado em 22/05/2020 por

img-page-categoria

*Fonte imagem : Imagens mostram como está o lago onde era o estreito em Marcelino Ramos*


Portal de Marcelino Ramos

O gigante lago da Usina de Itá sá sinais que está sofrendo com a estiagem, mas ainda não a ponto de revelar um dos maiores tesouros da comunidade de Marcelino Ramos. Nos últimos dias, em razão das fotos que surgiram na internet do leito do rio seco na comunidade de Volta Grande, muitas pessoas entraram em contato com o Portal de Marcelino, querendo saber se o Estreito Augusto César, que foi engolido literalmente pela cheia do lago no final da década de 90 já estaria ressurgindo. Fomos em buscas de respostas e imagens para mostrar como está a situação do lago na linha Estreito, interior de Marcelino Ramos.

As fotos que ilustram esta reportagem são exatamente do ponto onde existia os canyons do estreito, por onde toda a água do rio “afunilava” e passava por alguns vários metros, de forma violenta por dentro de rochas. Ao contrário do que muitos imaginam, mesmo com a estiagem prolongada, o inesquecível Estreito, que não saiu da memória dos marcelinenses, continua submerso nas águas e apenas visível por fotos. De acordo com a família Dal Zotto, que reside no local, o Estreito deve estar submerso, nesta condição do lago, a uma profundidade em torno de 20 metros. Ou seja, dificilmente algum dia, ele ressurgirá novamente. Pelas fotos é possível ver apenas alguns galhos de árvores que estavam na encosta e que ficaram submersas. Também a estrada que dava acesso ao local e por onde passaram muitos turistas e visitantes.

O Estreito começou a desaparecer em dezembro de 1999 levando junto a esperança de um ponto turístico promissor que hoje poderia ter se tornado num grande empreendimento turístico regional.

16

13

15



Portal de Marcelino Ramos

Link da Notícia

Deixe um comentário

Ao enviar um comentário você concorda com nossas politicias de comentários, saiba no link ao lado. política de comentários